twitter

Sobre nós

Sobre nós

Aliança para Criptografia na América Latina e Caribe, AC-LAC

A criptografia, em seus diversos tipos e níveis, é essencial para a segurança das transações financeiras e para o uso confiável e rotineiro de serviços bancários, pagamentos de contas, comunicações digitais de jornalistas, ordens de serviço online e comércio eletrônico em geral. Sem dúvida, tornou-se uma ferramenta fundamental para a segurança e garantia dos direitos de milhões de usuários em todo o mundo, mesmo para aqueles que não têm noção de sua existência.

 

Alguns governos e organizações, com fundamentos variados, estão pressionando para enfraquecer a criptografia, criando um precedente perigoso que colocaria em risco a segurança de bilhões de pessoas em todo o mundo. Ações em um país onde a criptografia é prejudicada representam uma ameaça para todos. A ideia de que as sociedades precisam comercializar direitos por segurança é enganosa e falsa. Embora esteja claro que a segurança digital é um valor importante, melhorias na segurança devem ser alcançadas enquanto se aumenta o direito à privacidade na Internet.

Missão

Assim, 23 organizações estabelecidas em vários países da América Latina e Caribe, representando os diversos setores do ecossistema digital, se reúnem para formar a Aliança para Criptografia na América Latina e Caribe, AC-LAC com a missão de:

  • Estabelecer uma plataforma para a construção coletiva de capacidades e conhecimento na América Latina e Caribe sobre a criptografia como uma ferramenta imprescindível para a segurança e o respeito aos direitos humanos e fundamentais na região,  tais como a liberdade de expressão e a  privacidade.
  • Avançar com uma agenda pró-ativa para promover e defender a criptografia na América Latina e Caribe, que fortaleça e gere um ecossistema de confiança, segurança e estabilidade [das TICs], tais como a infraestrutura crítica da Internet, suas aplicações e serviços.
  • Coordenar esforços com as diferentes iniciativas globais, regionais e nacionais, gerando espaços de troca e mobilização ante o impacto do enfraquecimento da criptografia sobre os direitos e a segurança.
Nosso Trabalho

O trabalho da aliança será organizado em quatro eixos principais: informar, engajar, desenvolver capacidades e conhecimento e mobilizar. Isso se traduz em:

  • Informar: criando um centro dinâmico para compartilhar informações e conhecimentos disponíveis sobre criptografia em todo o mundo e principalmente na região onde cada ator relevante pode compartilhar preocupações e gerar conteúdo e debate sobre o assunto.
  • Engajar: desenvolvendo uma plataforma que reúna diferentes atores para o intercâmbio ativo de melhores práticas entre as partes interessadas em questões relacionadas à criptografia.
  • Construir capacidades e conhecimento: pesquisando, encomendando relatórios e organizando workshops e debates abertos com diversos atores da região (especialistas técnicos, ativistas de direitos humanos, jornalistas e também funcionários do governo).
  • Mobilizar: desenvolvendo posições em conjunto com os membros da aliança após a canalização de pesquisas e conhecimentos neste espaço e, se necessário, prestando informações e defendendo processos regulatórios e legislativos relacionados à promoção de políticas de criptografia.

Secretaria

Organizações membros

Organizações amigas